Lana Del Rey

Lana del Rey se arrependeu da entrevista que concedeu ao jornal “The Guardian”, na qual ela disse que “queria estar morta”. Segundo uma série de tweets, já deletados, da cantora, o jornalista foi mal intencionado e escondeu “ângulos sinistros” ao perguntar sobre os ídolos Kurt Cobain e Amy Winehouse.

Em seu blog, o jornalista Tim Jonze escreveu uma carta direta à moça, lembrando que ela poderia ter falado “não” a qualquer momento. Você pode lê-la na íntegra, em inglês, aqui.

A cantora lançou recentemente o segundo álbum da carreira, “Ultraviolence”.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.