30 de agosto de 2017 por karen Costa.

Ninguém pode negar que 2017 vem sendo o ano do pop. Foram tantos os “retornos“, os singles, a presença de quem nem fazia pop, que os fãs do gênero conseguem se perder nas milhares de playlists do Spotify! Mas em setembro provavelmente um novo recorde será batido: de grandes nomes, são nada menos que oito discos programados, além de outros três do rock’n roll!

 

Resultado de imagem para Jake Bugg Hearts That Strain

 

Para começar, o dia 1º terá Jake Bugg e seu quarto álbum de estúdio. Intitulado Hearts That Strain, o disco trará 11 faixas, três já conhecidas, e colaboração de artistas como Dan Auerbach, do The Black Keys, e a banda American Sound Studio.

 

 

Ringo Starr - "Give More Love" - Reprodução da capa

Pulando direto ao dia 15, dois álbuns rock entrarão em cena e, curiosamente, ambos com a participação de Paul McCartney. O do ex-Beatle Ringo Starr será o primeiro em dois anos, quanto o músico lançou “Postcards from Paradise”. Com quatorze músicas na versão deluxe, Give More Love terá também a colaboração de Joe Walsh, Peter Frampton, Benmont Tench e Edgar Winte. 

 

Resultado de imagem para "Concrete and Gold

 

Já o Foo Fighters terá Paul na bateria de uma das faixas de Concrete and Gold, nono do grupo. Sobre esse convidado especial, o vocalista Dave Grohl disse: “Foi meio que no final do álbum, ele apareceu e disse: ‘Cara, eu realmente adoraria tocar no seu disco'”. Nada melhor para abrilhantar ainda mais as 11 faixas previstas.

Resultado de imagem para Fergie Double Dutchess

 

No dia 22, o pop é dominante. Após “muita enrolação”, Fergie vai finalmente lançar seu Double Dutchesscom treze candidatos a hits. O material é o segundo de sua carreira solo (sem o Black Eyed Peas), e será divulgado no Brasil com show no Rock In Rio.

 

Resultado de imagem para wig

 

O quarto álbum de Lights, Skin & Earth, é outro previsto para a data. Com conceito de história em quadrinhos, o disco será ótima oportunidade para apresentar a canadense a novos fãs, e reforçar a “devoção” daqueles que a conhecem. No material, há ainda a participação de Josh Dun, do Twenty One Pilots, na bateria.

 

Resultado de imagem para camila cabello the hurting. the healing. the loving

Um dos mais esperados é a estreia solo de Camila Cabello. Após a saída da cantora do Fifth Harmony em 2016, os fãs estão ansiosos para conhecer o que a americana é capaz de fazer sozinha, e já tiveram amostras disso em singles. Mas apresentar uma coletânea consistente, que mantenha Camila nas paradas, é um desafio. Resta saber se The Hurting. The Healing. The Loving. alcançará este propósito.

 

Resultado de imagem para The Killers Wonderful WonderfulPara sua “volta” após cinco anos sem um álbum, o The Killers preparou Wonderful Wonderful. Para as gravações, o quarteto convocou produtores renomados como Ryan Tedder, Jack Antonoff, Brian Eno e Jacknife Lee, além da participação especial do guitarrista Mark Knopfler, do Dire Straits. Serão dez canções inéditas ao todo, incluindo “The Man”, single lançado em junho que receberá dois remixes na edição deluxe do título.

 

Na última sexta do mês, dia 29, os títulos são inteiramente pop. Primeiro, teremos Miley Cyrus e Younger Now, disco com onze canções e a ideia de que “se as garotas comemorassem por serem jovens agora seria uma coisa legal”, como disse a cantora à Billboard. O material marcará uma mudança total na sonoridade da cantora, que deixou a era “louca” do Bangerz para traz e investiu em músicas com pegada mais fofo-country.

Resultado de imagem para Echosmith Inside a Dream

 

O Echosmith virá, por sua vez, com o Inside a Dream. Com temáticas como crescimento e a saída de Jamie Sierota da banda (que antes era um quarteto, mas viu o irmão deixar a música para se dedica à família), o trabalho promete novos hits como foi “Cool Kids”, do disco Talking Dreams, de 2013.

 

Resultado de imagem para demi Tell Me You Love Me

 

 

Demi Lovato virá em busca do Grammy com Tell Me You Love Me. Indicada ao prêmio em 2016 com o disco Confident, a cantora promete sucessos pop e com ótimos vocais, como a faixa que intitula o álbum já mostrou.

 

Resultado de imagem para Jennifer Lopez Por Primera Vez

 

Por Primera Vez, o esperado de Jennifer Lopez, será inteiramente em espanhol, e já tem dois singles: Olvídate y Pega La Vuelta e Ni Tú Ni Yo. O material será o primeiro disco em espanhol de JLO desde o ‘Como Ama una Mujer’, de 2007. A produção é da própria cantora e seu ex-marido, Marc Anthony.

 

Ouça as faixas já liberadas de cada título na nossa playlist, e curta a ansiedade dos lançamentos!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.