Quem não conhece Alecia Moore? Nada mais nada menos que P!nk. Mulher de personalidade forte que garantiu grande destaque na indústria da música, e terá sua carreira relembrada no Remember de hoje.


Não foi por acaso que P!nk ganhou 3 grammys e vendeu mais 40 milhões de álbuns. Tudo isso se deve pela sua incrível voz e seu enorme talento para compor, além do seu inegável carisma.
Mas pra chegar onde chegou não foi fácil. Pink enfrentou muitos problemas na adolescência e com o divórcio de seus pais precisou começar a trabalhar cedo. Com 13 anos ela dançava e era cantora de apoio em shows de sua cidade.

As portas só começaram a se abrir quando ela pôde cantar uma música a cada sexta-feira num bar, onde foi vista por um caça-talento que a levou pra ser vocalista do grupo de R&B, o Basic Instinc. Depois, participou de outros grupos mas sempre se destacou, o que chamou a atenção dos chefes da gravadora, que lhe deram a oportunidade de gravar seu primeiro álbum.

O “Can’t Take Me Home” foi lançado em 2000 e o sucesso dos singles “There you go”, “Most girls” e “You make me sick” foi só uma prévia de tudo que estava por vir. O segundo álbum se chama “Missundaztood” e mostra o amadurecimento musical da artista. A campanha da Pepsi ao lado de Britney Spears e Beyoncé ajudou na divulgação.

O lançamento de “Try this” foi em 2003, onde ela pode experimentar, explorando mais seu talento pois já estava situada e reconhecida. “I’m Not Dead” saiu em 2006, com os hits “U + Ur Hand” e “Who Knew” que ficaram em primeiro lugar nas paradas pop. Neste disco Pink investiu na composição e mostrou um lado mais  rock and roll, que agradou muito.

As músicas de Funhouse (2008) e as inéditas do álbum de greatest hits “Greatest Hits… So Far!!!” (2010) alcançaram o topo de vários países.
Em 2012 ela voltou com tudo, lançando seu sexto álbum “The Truth About Love”. Os singles “Blow Me (One Last Kiss)” e “Try” já estão fazendo o maior sucesso mundo afora.

Atualmente P!nk está na estrada com a The Truth About Love Tour, que conta com uma super produção. E em um desses shows da nova turnê a cantora, que já demonstrou diversas vezes seu carinho pelo Brasil, pegou a bandeira do país e anunciou que um dia viria para cá.

As performances de Pink são sempre impressionantes, dando destaque especialmente à apresentação de “Glitter in the Air” no Grammy 2010, considerada umas das 10 melhores de todos os tempos. E a performance de “Try” feita por ela na edição de 2012 do American Music Awards, que foi sem dúvidas INCRÍVEL! A performance foi um ‘réplica’ fiel da coreografia do videoclipe, que é genial. Um outro tributo que a torna incrível: mesmo sendo uma coreografia que exigia muito de seu fôlego, ela cantou ao vivo.

Gostou deste Remember? Deixe sua opinião e sugestões nos comentários.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.