3 de julho de 2014 por Renan Collier.

Chris Brown Fortune Promo

Cantor de sucesso e revelação de 2005, Chris Brown bombou nas rádios de todo o mundo assim que lançou o seu primeiro single, “Run It!”. O menino de 16 anos impressionou a todos quando estreou em primeiro na Bilboard Hot 100.

“Kiss Kiss” com sua batida forte e seus versos bem marcantes fizeram historia por estarem em todas as programações de rádios e programas televisivos voltados para música. Já “With You” conquistou o coração de todas a mulheres pela pegada mais melódica e a clara vulnerabilidade demonstrada na faixa. O “Exclusive” (2007), álbum lançado na época, era o presságio de uma ótima carreira, mas ninguém previa o que estava por vir.

Em fevereiro de 2009, a bomba foi solta: vítima de acusações por parte de sua então namorada Rihanna por conta de sérias agressões domésticas, o norte-americano tomou um tombo bem feio. Por conta do incidente, ele ganhou ódio de boa parte da mídia, de seus fãs e até de algumas celebridades que se declararam publicamente decepcionadas.

Temos que ser bem sinceros aqui: ele ainda não se recuperou. Desde então, já lançou 3 trabalhos: “Grafitti”, que foi iniciado antes da confusão, mas somente lançado em dezembro de 2009; “F.A.M.E.”, que foi lançado em 2011; e “Fortune” (2012), último projeto completo que ele lançou. Não vou dizer que foram trabalhos ruins; “F.A.M.E” chegou a ganhar prêmios no BETAwards. Mas o que não se reergueu ainda foi a moral de Chris, pois seus projetos não tiveram tanto sucesso como teriam sem o ocorrido.

640px-Chris_Brown,_2012

Vocês devem se perguntando: “Então toda a culpa deste flop vem do fato de ele ter agredido Rihanna?”. E a resposta é: quase toda. Alguma parte ele fez sozinho quando resolveu mudar seu estilo em cima de um pretexto de que “grandes nomes da música como Michael Jackson podiam mudar de estilo com facilidade”; uma jogada inteligente, porém arriscada que, combinada com os fatores da época, auxiliaram no afundamento.

Já fazem dois anos desde então que não vimos nada novo dele e seus fãs estavam ficando preocupados; rumores sobre um novo álbum iam e vinham à medida que os acontecimentos apontavam para tal, mas nada tinha sido confirmado. Recentemente, como você pode ver aqui, ele andou soltando na internet de que estava sendo sabotado por seu agente:

“Meu antigo agente está vazando minha nova música do álbum e se recusa a me devolver meu disco rígido para sabotar o meu álbum. Isso é babaquice G!”

Logo após aparentemente se recuperar da traição, ele lançou uma parceria com Nicki Minaj e recentemente anunciou outra com Ariana Grande; vale lembrar que esta última está parada há um bom tempo. Um videoclipe foi anunciado e um teaser liberado, mas tudo foi abafado e nada saiu. Um pena. A ideia da associação de sua imagem a de outros artistas de sucesso poderia ter dado certo se levada adiante.

Sua última novidade foi o lançamento recente de “New Flame”, em parceria com Usher e Rick Ross, que teve pouquíssima divulgação. A gente por aqui espera ansiosamente que “X” saia logo e seja um sucesso. Por enquanto, a gente confere esta parceria:

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.