Festivais de música são sempre ótimas oportunidades para conhecer novos artistas. Afinal, os lineups são pensados para agradar os mais variados tipos de públicos, e comparecendo por uma banda, você acaba por ver apresentações de outras que não tinha ideia que existia! Sem dúvida, esta é uma das vantagens do Rock In Rio.

Em 2015, por exemplo, o Royal Blood, ainda “desconhecido” por aqui, conseguiu conquistar fãs numa noite de rock pesado como Metallica, enquanto em 2013 Phillip Phillips pôs os fãs de John Mayer para cantar.

A próxima edição brasileira do festival está programada para os dias 15 a 17 e 21 a 24 de setembro, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, nova Cidade do Rock.

Entre as atrações conhecidas estão nomes como Maroon 5, Red Hot Chilli Peppers e 30 Seconds To Mars. Outros dos principais palcos (Palco Mundo e Sunset), porém,parecem apenas coadjuvantes, “incógnitas”, mas que podem roubar a cena e coração de novos seguidores.

A música atual

SG Lewis é o primeiro que pode surpreender. O inglês de 22 anos tem se tornado conhecido na música eletrônica trazendo elementos do jazz, hip hop, música negra e blues para suas composições. Seus remixes inspirados em artistas como Bon Iver tem chamado atenção no cenário, inclusive de artistas como Pharrell e Justin Timberlake, que ouviram suas músicas no rádio.

  • Show Rock In Rio: 15/09

Uma dupla britânica que faz “rock de garagem” associado ao blues. O The Kills é formado por Alison “VV” Mosshart e Jamie “Hotel” Hince, e já tocou com o Queens of the Stone Age, no Coachella e teve até mesmo uma música (“Cheap and Cheerful”) utilizada na série House.

  • Show Rock In Rio: 21/09

A Ego Kill Talent, por sua vez, tem formação recente. Ainda assim, a sonoridade do quinteto, muito baseada em guitarras, associas-se à situação curiosa: os integrantes se revezam nos instrumentos em cada faixa, tendo apenas o vocal de Jonathan Correa constante. O melhor? Eles são brasileiros, e os fãs conquistados poderão acompanhar vários outros shows após o RiR.

  • Show Rock In Rio: 24/09

Por último, Céu. A cantora não é uma novidade em grandes festivais no Brasil – ela foi atração do Lollapalooza 2017 – mas sua música cheia de influências do samba, hip hop, afrobeat, jazz e R&B colocam-a como uma nova promessa da MPB.

  • Show Rock In Rio: 15/09, em parceria com o Boogarins

A “velha guarda”

Os artistas com carreiras mais antigas com certeza não são tão desconhecidos, mas a menos que as novas gerações gostem de músicos da velha guarda, é bem possível de que eles nem existam em suas playlists.

Começando pelo Pet Shop Boys, teremos uma dupla pop de sucesso dos anos 1980 no palco. Sendo o maior sucesso na história do pop Inglês,  Neil Francis Tennant e Christopher Sean Lowe tiveram 36 músicas no top 20 na Inglaterra, com vendas superiores a 100 milhões de discos no mundo inteiro. O melhor é que eles nunca pararam, e ao longo do tempo entregaram 13 discos, com Super sendo lançado em 2016.

  • Show Rock In Rio: 15/09

Outra dupla britânica esperada da mesma década  é o Tears for Fears, rock new wave com 30 milhões de discos vendidos por todo o mundo.

  • Show Rock In Rio: 22/09

Já o rock alternativo do Incubus resultou oito álbuns, chamando sempre a atenção pela “pegada” antiga, mas com elementos modernos e influências de funk metal, eletro, hip hop e vários outros gêneros.

  • Show Rock In Rio: 23/09

E aí, qual destas atrações você vai assistir ao vivo? Para se programar para os shows, confira os horários das performances neste post.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.