22 de dezembro de 2014 por Lorrany Farias.

pazamor

Na primeira parte da minha apresentação sobre o Canal Curta o Som, pudemos conhecer um pouco mais sobre a cena independente musical no Nordeste, mais precisamente no Recife. Agora, vamos conhecer algumas bandas que estão fazendo parte deste cenário e que tem tudo para crescerem.

A apresentadora do canal, Sabbahana Cavalcanti nos gravou um vídeo nos apresentando essas bandas. Assistam logo abaixo, e não se esqueçam de se inscreverem no canal.

Conheçam as bandas indicadas:

* Joana Flor de Maria: A banda apresenta grandes influências na Mpb, Samba Rock e foge um pouco do conceito pesado do rock n’ roll que conhecemos. Um som muito gostoso e que vale a pena ouvir.

* Red Dust: A mistura maravilhosa de rock, rockabilly e metal. Se você curte Black Sabbath e Led Zeppelin, é uma ótima pedida.

* Diablo Motor: É um sucesso lá no Recife, mas que já vem se expandindo pro Brasil inteiro. Com influência nos anos 70 e em bandas como AC/DC e Motorhead. Vale super a pena ouvir.

* Vocífera: Graças às Deusas, as bandas só de mulheres vem ocupando cada dia mais o espaço musical. E isso representa força, igualdade e um milhão de outros aspectos. Vocífera é essa banda de força, atitude e muito metal.

* Serrapilheira: Contém grandes influências do rock  clássico, contemporâneo e até na música regional Pernambucana. Radiohead e Alceu Valença também estão presentes nas influências da banda.

* Projeto D’ávilla: Com a pegada de rock atual, recebe influências da banda Fresno. O Canal Curta o Som já os entrevistou, e vocês podem assistir logo abaixo:

* Orquestra Imaginária: Recebe a pegada do psicodélico e tem muito do Recife pra mostrar. Já está no meu iPod, e deveria estar no seu também. 🙂

* Desconforme: Enganou-se quem achou que no Recife não existia nenhuma banda com referências em The Cure, Sex Pistols, Titãs e Engenheiros do Hawaí. A banda Desconforme segue a linha mais ”garoto rebelde” e é um ótimo som pra você que também é rebelde e não segue os demais.

* Caapora: A banda é um tesouro: ”tem pegada armorial, tropicalista, psicodélica, sertaneja e tupi-guarani”. Tanta referência cultural num só som que anestesia a gente. É sério! Que sacada genial. Pra saber mais, acessem o site deles que faz a gente viajar: Caapora

* Saracotia: Se o lance instrumental é a sua praia, conheçam esse trio que traz umas boas referências do jazz.

* Trawma: A banda traz pegadas do hardcore, além de elementos com mobilizações sociais, mudanças e reivindicações. Também já fizeram uma entrevista maneira pro canal e vocês podem assistir aqui e agora:

* Isbella: A banda já foi conhecida como Supernova, mas agora recebeu uma repaginada e é completamente nova no cenário. Um som alternativo e muito amor. <3

Sem título

 

Se você curtiu alguma das bandas e quer conhecer mais a fundo, só deixar um comentário aqui embaixo! Espero que tenham gostado.

Um agradecimento e um beijo enorme pra Sabbahana do Canal Curta o Som que aceitou de bom coração dar essa entrevista pra gente. Obrigada!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.