12 de Março de 2014 por Lorrany Farias.

bastille

Ninguém nunca sabe dizer não pra algo de origem Inglesa, ainda mais quando isso afeta direta e indiretamente nossos ouvidos. O fato é que os ingleses  roubam nossos corações e nunca podem e nem devem nos deixar de lado! A prova disso, comprovada por essa mera colunista que vos fala, é o som do Bastille.

O Bastille tem sido uma das bandas mais comentadas por ai, pelo menos no meu feed de noticias do facebook, e ah, com certeza do seu. Os caras fazem parte do cenário Indie Rock, onde tiveram início em 2010, quando o vocalista Dan Smith deu o pontapé inicial. E ai, o cara só foi agregando valores, incluindo  Will Farquarson (baixista), Kyle Simmons (tecladista) e Chris “Woody” Wood (baterista) no projeto que deu mais que certo, e hoje é sucesso garantido.

Além de super estilosos, com um visual que chama atenção de qualquer mero mortal, os caras são bonitos, e isso conta 100% pra que eles tenham conseguido um grande espaço no cenário musical.  E embora não tenham muito em sua carreira, Bastille ocupa todo esse espaço vago com as músicas geniais que nos envolve cada vez mais.

E ah, quer se apaixonar mais? Os caras fizeram um cover maravilhoso de ”We can’t Stop” da Miley Cyrus! Saca só:

Como se não bastasse tanto amor pra uma banda só, os caras tem música circulando na série The Vampire Diaries e no jogo “FIFA 13”, além de alguns outros covers que valem super a pena ouvir, como “One Way Another” do Blondie e “No Scrubs” do TLC.

Bastille é novo nas paradas e conta apenas com dois álbuns de estúdio, Bad Blood (2013), e o relançamento do primeiro álbum, que recebeu o nome de All This Bad Blood” (2014). Isso se deu pelo fato do sucesso que a banda atingiu com o primeiro disco, onde alcançou a primeira posição dos discos mais vendidos no iTunes do Reino Unido em 2013.

Conheça a seguir, os maiores sucessos da banda, que tornaram-se singles.


Quer saber mais sobre o Bastille? Acompanhe nosso site e nossas redes sociais!

 

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.