“Ah, mas banda brasileira eu não curto muito, sabe? Passei um tempo na Europa e só estou escutando coisa de lá mesmo. Coisa do Brasil, assim, eu sei que tem Chico Buarque… não me aprofundo muito.”

Começo a minha coluna de hoje com esse quote horrendo que eu escutei no metrô: uma moça falando pra sua amiga que tinha ido à Europa e que agora só escutava banda de lá. Pois bem, moça, aqui vão seis bandas pra você dizer “uou, eu tava tão erradinha”. Hahahaha.

Brincadeiras à parte, selecionei seis bandas que eu tenho escutado muito por esses dias. É claro que faltam – mais seis e mais seis e mais seis, porque tem muita coisa boa, mas dá pra fazer um apanhado bom. Olha só:

1. Tulipa Ruiz

TULIPA GIF

A primeira da lista que merece a melhor atenção é a Tulipa. Primeiro por conta dessa nome Tulipa que é, no mínimo, maravilhoso. Tulipa divide sua banda junto com o irmão e o pai, além de ser compositora, ilustradora e uma cantora de mão cheia. Ela gosta e tem influências musicais de Gal Costa, Itamar Assunção, Clube da Esquina e coisas mais novas, como São Paulo Underground, Criolo, etc.

Tem dois discos lançados, o mais atual “Tudo Tanto” e o “Efêmera”. Gosto muito de “Tudo Tanto” porque é mais a minha cara, tem uma participação do Lulu Santos, na música “Dois Cafés”, e a capa desse disco é lindo. Muita gente prefere o primeiro disco dela, que é muito legal, ganhou prêmios importantes na música brasileira e tem essa música fofa e amorzinho “Só Sei Dançar Com Você” com a participação do Criolo – este álbum é o “Efêmera”.

GIF acima foi retirado do clipe Like This.

Cd completo no Rdio :

2. Baleia

GIF BALEIA

Não sabia da existência de Baleia até eles me seguirem no Twitter. Achei engraçado o nome “Baleia”.

O grupo é formado por Cairê Rego, David Rosenblit, Felipe Ventura, João Pessanha, Sofia e Gabriel Vaz.

Intitulei Baleia como uma banda bonitinha e gostosa de ouvir, percebi algumas influências no som deles que vão de Los Hermanos a Beirut, as letras são muito bem compostas e alinhadas como os instrumentos que conversam muito bem nas músicas. É tipo um jazz que é pop e que tem um quê de rock.  Achei a banda bem parecida como aquele momento que é quando você ainda está no clima universitário e vai no show do centro comunitário da sua universidade.

Cd completo no Rdio :

3. Karina Buhr

GIF KARINA

Sou muito suspeita pra falar de Karina Buhr. O que dizer? Desenha, é performática, canta muito bem, é ruiva, não tá afim de corre e corre e confusão, ela quer estourar plástico bolha, arrasa em Berlim, arrasa em qualquer cidade, manda muito bem ao vivo.

Meu primeiro show da Karina Buhr foi num local lixo, estava chovendo, ficava nos fundos de uma casa, todo mundo que estava comigo desistiu e resolveu ir embora, mas eu persisti e fiquei e não me arrependi. Depois desse, claro, fui em vários. Selo Amanda de aprovação.

Karina Buhr é da Bahia, mas foi criada em Recife é tem um sotaque muito gostoso, que aparece em todas as músicas. A cantora já participou das bandas Eddie, Bonsucesso Samba Clube e Véio Mangaba e suas Pastoras Endiabradas.  Os discos de sua carreira são “Eu menti pra você” e “Longe de onde”. O meu disco preferido com certeza é o “Eu menti pra você”, porque eu acho que é mais agressivo do que o segundo; é agressivo de uma maneira doce, pois as letras são em sua maioria amargas e pesadas, mas numa sonoridade incrível. A minha faixa preferida é “Ciranda do Incentivo” no qual, claramente, é um crítica ao mercado fonográfico. Tudo de uma maneira sutil e quase engraçado.

“Eu menti pra você”

4. Boogarins

GIG BOOGARINS

Nem só de Sertanejo vive a cidade de Goiânia; Boogarins taí pra mostrar que não. Que banda legal e linda. Fui no show deles uma vez no Museu de Brasília, não deu pra escutar muito, porque eu tinha acabado de sair do show da Karina Buhr, mas fiquei no show pra ouvir uma música, “Lucifernadis” – foi uma pena não ter parado pra escutar o show inteiro. Logo após, procurei  sobre a banda e me apaixonei. Os meninos mandam muito bem. Claramente influenciados por Tame Impala (GENTE, PARECE MUITO) sei lá, Mutantes…e o que eles fizeram? Mandaram o som pra os gringos verem e deu no deu. Gente, os meninos tavam lá de boas em Goiânia, tomando uma brisa, gravando “Doce” e pá, eles vão lançar o disco pela Other Music/Fat Possum. Tem o que dizer? Não, é só sentir!

Ah, sabe o que significa Boogarins: “Amor puro”. Mentira, na verdade significa “Jasmin”, mas dizem que essa flor significa o Amor Puro, então, sim! HAHAHAHA

Cd inteiro no Rdio :

5. Luísa Maita

GIF LUISA MAITA

Luísa Maita é minha paixão. Samba Jazz muito de boinha, pra colocar em qualquer playlist calminha, é muito sexy. Também é compositora e inclusive, fez uma música pra Mariana Aydar chamada “Beleza”, que foi umas das melhores músicas de 2009 pela revista Rolling Stone. Sabe aquele disco pra sambar no sapatinho? É pra quem tá começando. Ouso a dizer que esse disco da Luísa é pra quem não sabe sambar ou não sabe muito do samba e pode ir disfarçando no sapatinho; é um samba jazz delícia de ouvir.

Cd da Luísa inteiro : https://www.youtube.com/watch?v=w92Wy2BUQhM

 

6. Sexy Fi

GIF SEXY FI

Meus amigos  já estão cansados de me ouvir falar: “Ei, você já escutou SEXY FI?”. Acho que sou a verdadeira garota propaganda deles. Se alguém me pergunta, “mas e aí, o que tem bom pra ouvir?”, eu não vou hesitar de dizer “Amigo, escuta Sexy Fi, vai”. E a pronúncia certa é Sexy FIIII e não FÁI, como eu falava. Porque FI é um gíria brasiliense.

Vamos introduzir! Chega de lero lero. Sexy Fi é um banda de Brasília, muito diferente de todas as outras bandas que já apareceram na cidade. Não tem nada a ver com Legião Urbana, não tem nada a ver com Plebe Rude ou Capital Inicial. É muito mais incrível. É uma banda que caracteriza do melhor jeito do brasiliense de ser. É a banda que fala do  melhor e  pior de Brasília. Fala das ruas, dos casos, dos relacionamentos, das pessoas, de cada peculiaridade da cidade, do Roriz. Fui em dois shows de Sexy Fi e ao vivo, o som é melhor ainda.

Tem uma pegada eletrônica, uma pegada calma e um coisa rock de boas. Sexy Fi tem apenas um disco, “Nunca Te Vi de Boa”, e também brilhou os olhos dos gringos. Este disco, inclusive, foi gravado em Chicago – eles são internacionais, fi!

No ano passado, os moços fizeram uma campanha no catarse pra recolher din din e gravar o primeiro vídeo clipe da banda, da faixa “Pequeno Dicionário das ruas” e conseguiram. Veja o vídeo abaixo:

Cd inteiro no Rdio :

Curtiu? Achou maneiro? Dá um like, mostra para os amigos, escuta as bandas, seja feliz. <3

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.