banner6

O ex-Jonas Brothers: Joe Jonas desabafou. Em entrevista para New York Magazine Joe falou sobre uso de drogas, virgindade, sua relação com Demi Lovato, Vanessa Hudgens e algumas coisas mais. A matéria se chama: Joe Jonas: My Life As a Jonas Brother, e estava prevista para ser publicada dia 06 de dezembro. O Tracklist separou algumas partes da entrevista para vocês, confira:

Disney: Tudo mudou completamente quando a Disney entrou em cena. Antes que nos dessemos conta, a nossa fan base tinha explodido. A Disney é ótima em criar fama. Eles fizeram isso com tantas estrelas pop e jovens, de Hilary Duff até o elenco de High School Musical. O problema com a nossa série era que alguns dos textos eram terríveis. Ela tinha humor pastelão estranho que apenas alguém com 10 anos de idade iria rir. Tiraram uma cena do beijo que Nick tinha. Eu tinha que fazer a barba todos os dias porque eles queriam que eu fingisse ter 16 anos quando eu tinha 20 (quando o show acabou, eu cortei meu cabelo e deixei crescer o quanto de uma barba que pude). Nós pensamos que Disney era a nossa única chance real, e estávamos com medo de que tudo pudesse ser tirado de nós a qualquer momentoFazer parte da Disney por tanto tempo faz com que você não queira ser esta pequena marionete perfeita para sempre. Eventualmente, eu atingi um limite e pensei ‘Que se dane isso tudo, eu vou mostrar para as pessoas quem eu realmente sou’. Eu acho que isso acontece com muitos de nós. As crianças da Disney são ousadas de alguma forma, e eu acho que é por isso que a Disney os contrata. ‘Olha, ele pula na mesa’ cinco, seis, dez anos depois, ‘Nossa! O que a gente faz?’. Por favor, né? Vocês fizeram isso com vocês mesmos.Relacionamentos: Um relacionamento que significou muito para os fãs foi o que eu tive com Demi Lovato, que eu conheço há anos. Nós éramos amigos desde sempre, nós dois fomos ‘crianças da Disney’, e por termos interpretamos um casal em Camp Rock  – e porque os fãs gostavam de nos ver juntos – nós eventualmente namoramos por um mês. Eu realmente pude conhecê-la e ver os prós e contras dos problemas com os quais ela lidava , como o abuso de drogas. Eu senti que eu precisava tomar conta dela , mas ao mesmo tempo, eu estava vivendo uma mentira, porque eu não estava feliz, mas senti que tinha que ficar por ela, porque ela precisava de ajuda. Eu não podia expressar nada disso, é claro, porque eu tinha uma marca (Disney) para proteger.

Problemas com Demi Lovato: Era uma situação insana para se viver. As coisas continuavam crescendo, e a Demi acabou socando uma garota no rosto em um avião, porque ela pensou que a menina estava culpando-a por alguma coisa. Todo mundo suspirou, e a menina começou a sangrar. Foi quando sua equipe e sua família lhe disseram: ” Você precisa ir para a reabilitação”. Eu me lembro de estar na América do Sul , e os fãs imediatamente chegaram à conclusão de que nós a expulsamos da turnê de 2010 , e eles simplesmente nos odiavam por isso.

Escândalo Vanessa Hudgens: Ser parte de uma empresa como essa vem com certas expectativas. Estávamos trabalhando com a Disney em 2007, quando aconteceu o escândalo das fotos da Vanessa Hudgens nua. Ouvimos dizer que ela ficou um dia inteiro no escritório da Disney porque ele estavam tentando descobrir uma maneira de mantê-la confinada. Nós ouvimos executivos falando sobre isso e nos dizendo o quão orgulhosos eles estavam da gente por não cometermos os mesmos erros. Isso nos fazia sentir como se não pudéssemos errar nunca. Nós não queríamos decepcionar ninguém: nossos pais, nossos fãs, nossos empregados – então nós colocamos uma pressão incrível em nós mesmos, o tipo de pressão que nenhum adolescente devia sentir.

Uso de drogas: A primeira vez que eu fumei maconha foi com a Demi e a Miley. Eu devia ter 17 ou 18 anos. Elas continuavam dizendo “Experimenta! Experimenta!” então eu experimentei e foi tudo bem. Eu nem fumo maconha com tanta frequência mais. Eu fui pego bebendo quando eu tinha 16 ou 17 anos, eu eu achei que o mundo fosse desmoronar. Mas eu estava em outro país, e era legal lá. No meu aniversário de 21 anos eu caí da escada. Eu estava inconsciente naquele momento, e minha equipe inteira estava morrendo de medo que alguém tirasse foto. Hoje eu aprecio vinho ou vodka-soda no final do dia, uma vez ou outra.

Anel de compromisso: “Tudo começou quando eu era muito jovem, eu devia 10 ou 11 anos. Há um programa que as pessoas fazem em algumas igrejas chamado “True Love Waits”, onde você espera o casamento para ter relações sexuais. Kevin e eu decidimos fazer – Nick tentou mais tarde. Anos pra frente, nós estamos trabalhando com a Disney e tínhamos esses anéis. Lembro-me de uma entrevista com um cara cujas perguntas focavam inteiramente nos anéis. Ele continuou empurrando o assunto, e quando insistimos que não queríamos falar sobre isso, ele nos disse: ‘Eu posso escrever o que eu quiser’, o que nos aterrorizou.”

Virgindade: Decidimos tirar os anéis alguns anos atrás. Eu perdi minha virgindade quando eu tinha 20 anos. Fiz outras coisas antes disso, mas eu me tornei sexualmente ativo aos 20 anos. Eu estou feliz de ter esperado a pessoa certa, porque você olha para trás e diz: ‘aquela outra garota era muito louca. Eu estou feliz que eu não foi com ela’.

Ex-namoradas: Eu genuinamente não guardo nenhum ressentimento contra minhas ex-namoradas. Então eu não vou rebaixar ninguém com quem tenha estado – talvez eu possa colocar em uma música, sugerir um pouco ou provocar aqui ou lá, o suficiente para os fãs e as pessoas que realmente conhecem a história. Mas eu não vou dizer abertamente: ‘É, realmente esta pessoa é uma vagabunda, e fez isso comigo’. Eu não sinto a necessidade de fazer isso para vender discos.

Sair com fãs:E, sim, eu já namorei fãs. Eu não posso dizer que eu nunca coloquei o pé nesse mundo, houve momentos em que definitivamente aproveitei as oportunidades que tive. Me lembro que convidei uma fã para o cinema, e nós nos pegamos o filme todo

Fim da banda Jonas Brothers: “A separação dos Jonas Brothers estava acontecendo por muito mais tempo do que muita gente pensava. Toda essa situação estava nos destruindo como uma família, e nós sentíamos como se estivéssemos segurando um ao outro. Eu queria fazer um vídeo mais sexy, por exemplo, e Kevin não estava confortável com isso. Nick também tinha uma voz mais forte do que eu e Kevin quando se tratava de música e grandes decisões, ele assumiu um papel de liderança na banda. As coisas chegaram em um ponto em que tivemos uma reunião onde pensávamos que íamos falar sobre como liberar nossas novas músicas e acabou virando uma briga enorme. Foi a primeira vez que fomos honestos uns com os outros sobre um monte de coisas que não estavam nos deixando felizes. A briga ficou alta. Eu estava gritando muito. Quando Nick apresentou a ideia de fechar um capítulo e seguir em frente, eu me apavorei. Eu não sabia se eu levantava e saía ou se eu socava alguma coisa, porque eu estava furioso. Eu passei tanto tempo trabalhando com os meus irmãos na banda e, na minha cabeça, me senti como se estivéssemos desistindo. Não fazia sentido para mim. Mas depois que nos acalmamos, eu comecei a entender”.

Carreira daqui pra frente: Agora que tenho 24 anos e o controle de minha vida, eu vou voltar para a prancheta. Eu já passei por uma tonelada de coisas, mas estou realmente animado, porque agora eu posso voltar para o estúdio com aquelas pessoas que eu costumava trabalhar. Eu não tenho que confiar na opinião de qualquer outra pessoa, seja boa ou ruim, e ouvi-los dizer: ‘não, você não pode ir escrever com eles. Isso é muito estranho para nós’. O estranho funciona. Olhe para Lorde.”

A matéria completa traduzida você confere aqui, e a entrevista original aqui.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.