mumford-sons_new-image_1
Após um pequeno hiato e uma reinvenção sonora, o grupo britânico Mumford & Sons volta a conquistar o primeiro lugar da Billboard 200, a parada norte-americana de álbuns. “Wilder Mind“, o terceiro álbum de estúdio do quarteto, vendeu 249,000 unidades equivalentes e garantiu o topo desta semana com facilidade – foram quase 150 mil discos de vantagem em relação ao segundo colocado. “Wilder Mind” é o segundo #1 da banda, após “Babel” (2012), que abriu com incríveis 600 mil discos na primeira semana.

A queda de vendas em relação ao segundo álbum não indica necessariamente um declínio na popularidade do grupo: “Babel” se beneficiou do sucesso estrondoso conquistado pelo debut, “Sigh No More” (2010), que ainda vendia como água quando seu sucessor foi lançado. No entanto, “Sigh No More” vendeu, até o momento, 3,2 milhões de discos; “Babel” está na faixa dos 2,5 milhões. Os singles de “Wilder Mind” não fizeram tanto barulho até o momento, fator que deve frear o sucesso do disco – além, claro, do constante aumento da pirataria.

Mesmo assim, “Wilder Mind” é o maior debut de um álbum de rock em quase um ano (perdendo apenas para “Ghost Stories”, do Coldplay) e a terceira maior estreia do ano até aqui (atrás apenas dos rappers Drake e Kendrick Lamar). O segundo colocado, “Stages” do cantor country Josh Groban, movimentou 101,000 unidades (queda de 44% em relação à semana passada). A compilação “Now 54” estreia na terceira posição com 71,000 discos vendidos; É o 60º top 10 da série, que compila os maiores sucessos da atualidade.

O rapper Tech N9ne é mais um debut de sucesso com seu disco “Special Effects“, que vendeu 66,000 álbuns. É a maior semana de vendas da carreira do artista, e iguala o quarto lugar de seus últimos dois trabalhos: “All 6’s & 7’s” (2011) e “Something Else” (2013). Já o #1 da semana passada, “Jekyll + Hyde” do grupo country Zac Brown Band, cai para o quinto lugar também com 66,000 vendidos (-71%), apenas algumas unidades atrás do quarto colocado.

A trilha sonora de “50 Tons de Cinza” se beneficia do recente lançamento do filme em DVD e se segura no 6º lugar, com vendas de 53,000 e ganho de 46%. Outra trilha, a de “Velozes e Furiosos 7“, cai do terceiro para o sétimo posto (46,000, -14%), enquanto “In the Lonely Hour“, de Sam Smith, se mantém no 8º lugar com vendas de 39,000 (+17%). “1989“, de Taylor Swift, é outro que não muda de posição: nono lugar com pouco mais de 36,000 discos vendidos e ganho de 11%. “X“, de Ed Sheeran, sobe um posto e fecha o top 10 com 36,000 vendidos (+19%).

A semana que vem deve ser devagar, com mais uma trilha fazendo sucesso – desta vez, a do filme “Pitch Perfect”, que promete dominar as salas de cinema. A trilha deve abrir com vendas entre 70 e 80 mil, o suficiente para garantir o #1. Mumford & Sons não terão competição pelo segundo lugar, o qual conquistarão com vendas entre 60 e 70 mil. Outras estreias notáveis serão as da banda de rock Incubus (30-40 mil) e do rapper Snoop Dogg (20-30 mil). Fique ligado para a próxima coluna de charts!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.