19 de setembro de 2014 por Renan Collier.

Jennifer Lopes - Topo Oficial 1

Há algum tempo tenho observado nos clipe uma grande valorização da futilidade. Clipes que vendem ideais consumistas ou estéticos em prol de colocar um clipe ou single nos charts se tornam cada vez mais frequentes e lucrativos.

Recentemente postamos em nosso facebook que estamos passando por um “fenômeno” interessante em que o “top 5 music videos” da Billboard é composto somente por mulheres, o que me deixou bem feliz.

Entendam, sou homem, mas sou um defensor dos ideais feministas por muitos motivos que não vem ao caso agora, esta ideia de ter as mulheres no topo me alegra por significar mais uma conquista delas dentro da indústria.

Infelizmente a analise deste clipe, que une duas artistas das quais tanto gosto, vai enveredar para uma discussão bem delicada sobre onde o sexy começa a ser vulgar.

Vamos ao clipe.

thumb

A música Booty, que faz parte do disco “A.K.A.” de Jennnifer Lopez, originalmente traz um verso de Pitbull, mas para o clipe somente Iggy Azelea foi chamada e, pensando na proposta da produção, entende-se o porque.

A produção foi extremamente barata e rápida por conta de ter sido integralmente um clipe de estúdio. A iluminação e escolha de cores foi muito feliz. O fato de Jennifer possuir toda a pegada mais latina, a escolha de cores quentes durante suas aparições realçou seus traços resultando em uma estética muito boa.

jlo-iggy-azalea-922x620

Por um outro lado uma coisa ficou muito exagerada: a bunda. Ok, ok! Ela é o elemento central do clipe, mas mesmo assim sua introdução ficou exagerada demais.

Mesmo que as duas cantoras tenham um apelo mais sensual por conta de seu físico e suas letras, não estamos acostumados a encará-las desta forma. A forma em que foi retratada durante os takes me pareceu um tapa na cara.

Sim, eu sei o que vocês estão pensando: “Mas o clipe da Nicki Minaj também tinha muita bunda” Concordo com vocês neste ponto e comentei em minha analise que o clipe tinha ficado exagerado. Acho que este contraste, esta comparação que está sendo feita entre os dois, está estragando um pouco a visão que tenho dos dois clipes.

Comparações são sempre muito perigosas, e comparar duas artistas de calibre semelhante porém vertentes diferentes as vezes não é a melhor saída.

iggy

Como homem eu gostei muito do que vi neste clipe e se este era o público alvo acho que foi feito um ótimo trabalho. Porém analisando a produção tecnicamente sou obrigado a dizer que algumas coisas não ficaram bem colocadas.

Ainda sim acredito que foi uma ideia muito feliz a parceria entre as duas, fiquei muito feliz de ficar sabendo do dueto e fiquei feliz de vê-las contracenado no clipe.

Reveja o clipe e comente nas nossas redes sociais: O que VOCÊ achou de “Booty”?

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.